2055998798_5c560ef119_b

O Caminho de Santiago da Compostela é um dos roteiros mais famosos do mundo. Durante todo o ano, andarilhos, ciclistas e os mais diversos tipos de aventureiros percorrem as trilhas que cortam parte da Europa com o intuito de se conectar com a natureza e consigo mesmo.

Apesar de ser uma rota inicialmente religiosa e ter como ponto final a famosa catedral de Santiago da Compostela, o trajeto é percorrido por viajantes das mais diversas crenças, abertos a conhecerem novas culturas, tradições e paisagens maravilhosas.

Os meses de abril, maio e junho são os mais indicados para quem quer se aventurar neste caminho. Esta é a estação da primavera no hemisfério norte, então, as temperaturas já estão mais amenas e agradáveis e as flores dão um toque colorido extra por diversos trechos e paisagens. No entanto, antes de arrumar as malas, é preciso estar muito bem preparado para esta viagem, que pode durar mais de um mês, dependendo do roteiro e cronograma.

17108966221_279e6534c1_b

Veja algumas dicas para quem quer embarcar neste caminho:

  1. Prepare-se fisicamente

Mesmo antes de escolher qual das rotas será percorrida ou a duração da viagem, comece a se preparar fisicamente, pois uma coisa é certa: você vai andar ou pedalar muito! Comece a se preocupar com isso, pelo menos, 4 meses antes de viajar. Caminhadas diárias com alguns treinos mais longos aos finais de semana já é um bom jeito de acostumar o corpo para o que virá. Além disso, faça treinos usando a bota que será usada na caminha oficial. Assim, o calçado já se ajusta ao seu pé, você evita desconfortos posteriores e já sente como a bota pode influenciar no seu desempenho físico. Ah, se possível, faça um check-up médico antes de embarcar. Ser prevenido nunca é demais 😉

  1. Pesquise muito antes de ir

Existem muitas opções de roteiros para quem quer fazer o Caminho de Compostela. Os mais populares são: Caminho Francês, Caminho Português, Caminho do Norte e Caminho Finisterra – Múxia. Cada um deles tem as suas particularidades, tanto em distância e dificuldade, como em história. Portanto, pesquise o máximo que puder antes de escolher um dos trajetos. Conhecer os contextos históricos e a cultura local são coisas essenciais para que esta viagem cumpra o propósito de promover conhecimento, indo muito além das belas paisagens e exploração.

  1. Faça um cronograma e respeite o planejamento

Independente de qual seja a rota escolhida, lembre-se de fazer um cronograma e um planejamento considerando o trajeto a ser percorrido diariamente. Nessas viagens longas é muito comum começar o percurso muito empolgado e acabar ultrapassando os limites nos primeiros dias, prejudicando as condições físicas e comprometendo todo o resto do cronograma. Portanto, considere o seu preparo físico e faça a sua programação dentro da sua limitação. Aproveite o planejamento para incluir os locais que não podem ser ignorados no caminho, assim você não deixa nada para trás.

  1. Esteja bem equipado

Na hora de preparar as malas tenha sempre em mente quais serão as condições climáticas da região durante a viagem. Isso influenciará diretamente a escolha das suas roupas e acessórios. Em todos os casos, você precisará de alguns itens básicos, como: uma mochila cargueira confortável, roupas respiráveis, botas desenhadas para longas caminhadas, uma capa de chuva respirável e meias próprias para trekking, que maximizam a evaporação do suor, para evitar bolhas e outros problemas.

  1. Aproveite cada detalhe do caminho

Essa viagem pode ser uma enorme imersão cultural e pessoal. Portanto, aproveite cada detalhe e oportunidade. Esteja aberto às novidades e tire alguns trechos para caminhar sozinho. A natureza e o clima do Caminho são perfeitos para reflexões.

Veja abaixo algumas sugestões de roupas e acessórios que não podem faltar na mochila dos aventureiros que vão ao Caminho de Santiago da Compostela:

loook_santiago_compostela look_santiago_compostela_fem

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.