_DSC1650

Corrida de rua e de montanha podem parecer o mesmo esporte, mas a verdade é que elas são muito diferentes entre si. Cada modalidade tem a sua particularidade e pede cuidados e treinamentos específicos, por isso, antes de correr da rua para a montanha, vale a pena ouvir os conselhos de quem já tem experiência no assunto. Ninguém melhor para falar sobre isso do que Rosalia Camargo, atleta The North Face que domina as provas nacionais de Trail Run.

Rosalia já começa suas dicas explicando que a localização não é um problema nas corridas de montanha, as chances de alguém se perder são bem pequenas e improváveis. “Se você acha que Trail Run significa correr com um mapa, e acredita que certamente vai acabar perdido no meio do mato, está enganado.”

A primeira corrida de quem migra da rua para a montanha é inesquecível. A própria Rosalia sentiu isso na pele e depois de experimentar a nova modalidade, não parou mais. “Quando fiz minha primeira maratona de Trail Run, em 2010, eu não tinha ideia do evento que estava participando. Acabei por descobrir que havia marcação por todo o percurso, postos de abastecimento com água e isotônico gelados, e de brinde ainda desfrutei de um visual inacreditável! Como resultado, me apaixonei pela modalidade e abandonei completamente as tradicionais corridas de rua”, lembrou a atleta.

A adaptação, no entanto, não acontece de primeira. Rosalia explica que levou anos até ter experiência e desenvolver a técnica ideal para superar as montanhas. Segundo ela, é preciso estudar as provas e se preparar considerando muito mais do que apenas a distância. “Uma dica para quem está iniciando nesse esporte é entender que não é apenas a distância da prova que se deve levar em conta, mas o tipo de percurso, perfil altimétrico, clima, suportorte oferecido pela organização, suporte externo permitido, entre outras variáveis”, lembra Rosalia, acrescentando que desrespeitar algum desses itens pode resultar em penalidades de tempo ou desclassificação.

Outro desafio, segundo a nossa atleta, é a escolha dos equipamentos corretos. “Diferente das corridas de rua, o Trail Run demanda uma série de itens obrigatório, que variam de acordo com o desafio que você escolher. Escolha com antecedência o que vai utilizar e treine para não ter surpresas ao longo da corrida.” Tênis técnicos que aguentem a lama, meias próprias para corridas, roupas que mantenham o corpo sempre seco e cintos de hidratação são apenas alguns dos itens que não podem faltar em uma Trail Run.

Rosalia finaliza com um conselho muito importante: “Lembre que as provas costumam ser longas e um pequeno erro pode te levar um desconforto prolongado. Pode parecer muito complicado, mas uma coisa é certa, depois que você fizer uma prova de trilha, nunca mais vai curtir correr na monotonia do asfalto, acredite!”

Veja abaixo alguns produtos que não podem faltar em sua corrida de montanha:

produtos_flight_series

 

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.