DSC_3200

O inverno chegou! Apesar de ser a melhor estação do ano para a prática de esportes na neve, o friozinho acaba deixando alguns corredores mais relutantes em sair para treinar ao ar livre. Mas, a boa notícia é que a temperatura não precisa ser um impedimento para manter os treinos em dia. Com as roupas e cuidados certos, é possível correr quentinho e muito confortável.

Para falar sobre isso com propriedade, nós consultamos quem entende (e muito) do assunto: Rosalia Camargo. A corredora de montanha, que também é atleta The North Face, explicou o que ela faz para manter a rotina sem sofrimento no inverno:

“O que eu faço pra driblar essa preguiça? Eu não penso em nada! Quando o despertador toca, eu simplesmente levanto e sigo em direção ao café preto na cozinha.

É fácil! Só precisa de força de vontade. Já deixo as roupas que vou usar pré-separadas, sempre com um baselayer ou um impermeável (Venture), pra sair de casa bem protegida. E é uma delícia ir sentindo o corpo aquecendo!

Com as roupas certas fujo das gripes e resfriados e me sinto confortável durante a corrida. Nunca me arrependi de ter saído pra treinar ao ar livre com esses climas adversos e, com certeza, meu dia começa com uma energia maravilhosa, pronta pra enfrentar as dificuldades do dia!”

Kelsie Clausen. Columbia River Gorge, Oregon. Foto: Ian Momsen

Kelsie Clausen. Columbia River Gorge, Oregon. Foto: Ian Momsen

Para ficar mais fácil, nós separamos algumas dicas:

  1. Para o tronco

A segunda pele (baselayer) é uma opção prática e muito confortável para quem vai correr no inverno. Existem diversas gramaturas, que determinam o nível de aquecimento e podem variar de acordo com a temperatura. Por ser colada ao corpo, ela garante mobilidade total. Além disso, é feita com tecido tecnológico, que absorve o suor e maximiza a evaporação, mantendo o corpo sempre seco. As jaquetas impermeáveis ou corta-vento também são interessantes para ajudar a manter a temperatura corporal ao mesmo tempo em que protege dos ventos e da chuva.

  1. Para a cabeça

Somente através da cabeça nós podemos perder 30% do aquecimento do corpo. Por isso, em dias muito frios, é importante manter a região da cabeça protegida. Um gorro respirável ou uma faixa podem ser suficientes. Se preferir, é possível usar uma bandana para cobrir o nariz e a boca, para mantê-los protegidos dos ventos gelados.

  1. Para os pés

Os pés também nos fazem perder muito calor. Portanto, escolha meias próprias para corrida, que proporcionem aquecimento sem superaquecer, e permitem que o pé respire e fique sempre seco, para evitar bolhas e outros desconfortos. Também existem tênis pensados especificamente para corridas de inverno, como é o caso do Ultra MT Winter.

  1. Cuide das articulações

Antes de começar a correr forte, faça um bom aquecimento das articulações. Não force o ritmo até que elas estejam aclimatadas e preparadas para suportar o esforço físico. Em poucos minutos o corpo já se acostuma e a corrida se torna muito prazerosa.

 

 

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.