Foto: Arquivo Pessoal

Sabe aquela velha discussão sobre o que é uma família tradicional? Para nós a resposta é muito simples: uma família tradicional é aquela movida por aventuras e ponto. Há um tempo nós apresentamos uma dessas famílias, a da Milka. Lembram daquela cachorrinha apaixonada por um graveto e pelas corridas de montanha, mascotinha do Marcelo Sinoca e da Ju Salviano? (Clique aqui para relembrar) Foi através dessa história que nós conhecemos outra família tradicional formada por Eugênia Del Vigna, Leonardo Maciel e Emília (a doguinha). Os três moram no Rio de Janeiro e são loucos pelas corridas de montanha e pela vida ao ar livre.

O nosso primeiro contato com a Emília, uma cachorrinha da raça Vizsla, foi através do seu Instagram (@vizslarunner – que, aliás, é um sucesso!). Lá na rede social nós conseguimos o contato dos seus humanos que, prontamente, toparam nos ceder uma entrevista, falando um pouquinho mais sobre essa história.

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Tudo começou antes mesmo que a Eugênia e o Leonardo se conhecessem. Os dois já eram corredores de montanha. Inclusive, o Leo é primo da Fernanda Maciel, atleta global The North Face, e, mesmo sendo amador, tem uma “baita performance”, como conta a esposa. Os dois já correram provas em diversos lugares do mundo. Para ter uma noção da importância que o esporte tem na vida dessa família, o casal aproveitou a própria lua-de-mel para correr juntos a The North Face Lavaredo Ultra Trail e essa foi apenas uma das aventuras deles juntos.

A Eugênia sempre teve cachorros e, quando foi morar com o Leo, esse foi um de seus pedidos. Os dois pesquisaram muito e estudaram diferentes raças, até encontrarem uma que se adequasse à rotina deles e ao estilo de vida do casal, que está totalmente ligado às aventuras. “Queríamos uma raça que fosse bastante ativa, que gostasse e pudesse correr por mais tempo, além de ter um bom temperamento, sociável e que não fosse agressivo. Passamos a ler diversos artigos, reportagens e depoimentos de donos de Vizslas, muitos deles também atletas que viam nesta raça um ótimo companheiro. Fora do Brasil, encontramos diversos corredores e ciclistas de mountain bike que possuem a raça e treinam com seus Vizslas”, explicou Eugênia.

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Eles encontraram um canil no Rio de Janeiro especializado na raça, acompanharam duas ninhadas e só então adotaram a Emília, que há três anos é a companheira inseparável do casal. A “mamãe” explica como é essa rotina: “Ela treina corrida conosco alguns dias de manhã, na orla da praia, durante a semana, por cerca de 40 minutos a uma hora. É um sucesso no nosso grupo de corrida! Nos fins de semana, quando fazemos trilhas que aceitam cachorros, levamos ela junto. Ela consegue nos acompanhar por diversas horas”. Para garantir que a Emília tenha tudo o que precisa para aguentar as horas de exercício na montanha, ela tem a sua própria mochila de hidratação, onde leva sua água e comida, além de saquinhos de lixo.

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

O currículo da Emília faz inveja a muitos corredores. Ela, junto com os seus humanos, já subiu a Pedra da Gávea, algumas montanhas na região de Itaipava, Costa Verde e muito mais. Como uma boa aventureira que se preze, a Emília também gosta de um bom mergulho, como garante Eugênia: “Ela adora nadar – consegue ficar na piscina ou mar por cerca de duas horas, e somos sempre obrigados a retirá-la a força!”

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Engana-se quem pensa que a Emília só acompanha os passeios legais, afinal, vida de corredor é coisa séria e exige muito preparo e dedicação. Ela é presença constante nos treinos, ajuda a dar um gás extra na hora que os humanos precisam de um incentivo e é a companheira preferida da Eugênia: “Quando eu faço treinos de tiro, ela é minha parceira favorita! Me puxa e me faz ir além do meu limite, correr com ela é um treino e tanto!!!”

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Os Vizslas são cães muito ativos e que precisam estar sempre em movimento. Com uma rotina cheia como é a da Emília, a família pode morar em um apartamento, que, mesmo assim, ela não fica entediada. “[A Emília] É um cão extremamente sociável e amável, e se dá bem com todas as outras raças e com pessoas, inclusive crianças. Podemos passear e frequentar diversos lugares, sem receio da Emília estranhar ou assustar ninguém”, explica Eugênia. Outro ponto muito positivo e que permite que essa doguinha os acompanhe em todas as aventuras é a sua obediência. Além de ser muito alegre e dócil, ela responde bem aos comandos, o que dá segurança de que ela não causará nenhum dano a outro ser humano ou ao próprio meio ambiente durante os passeios e aventuras.

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Um cachorro pode fazer uma diferença enorme na vida de uma família, ainda mais se ele for do time dos aventureiros. Eugênia dá a dica: “A rotina com um Vizsla tem que ser bastante animada e cheia de atividades! E isso acaba nos fazendo sair mais de casa, aproveitar a vida ao ar livre, nem que seja numa caminhada leve na praia. Sem dúvida, a Emília é uma super companheira de aventuras e é uma sorte tremenda ter uma cachorrinha tão bacana. Esperamos que mais donos se inspirem a fazer atividades legais com seus cachorros e a curtir os lugares lindos que toda cidade tem a oferecer!”

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.