127 horas

O filme 127 horas conta a emocionante história de coragem e superação do norte-americano Aron Ralston, que teve a vida por um fio após um acidente durante uma escalada nos Cânions de Utah (EUA).

Em um dia comum, Aron se preparou para aproveitar o fim de semana explorando o Parque Nacional de Canyonlands, sem saber que este acabaria sendo um dos maiores desafios de sua vida. Após um acidente em uma das fendas, ele ficou com o braço preso em uma rocha e, por estar sozinho e distante do contato com outros exploradores, permaneceu lá, sem água e comida por cinco dias.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Quando já estava quase em seu limite, ele tem um sonho que lhe aguça a coragem que faltava para que ele chegasse à solução extrema de cortar o próprio braço para salvar a vida. Após muita dor, ele consegue se desvencilhar da rocha que o prendia e sai em busca de ajuda. Aron foi encontrado por uma família que passeava pelo parque e resgatado por um helicóptero da polícia local.

Como o aventureiro estava munido de sua câmera filmadora, ele fez vários registros pessoais durante o período em que esteve preso em meio aos cânions. O material, juntamente com seu livro autobiográfico, foram usados como base para a produção cinematográfica.

Após o lançamento do filme, Aron deu declarações dizendo que o longa, interpretado por James Franco, foi tão fiel aos acontecimentos reais, que poderia ser considerado praticamente um documentário.

Vale lembrar que a experiência vivida pelo norte-americano é uma lição de coragem e de improviso, mas também tem diversos detalhes que mostram o que não fazer em uma viagem de aventura, principalmente o fato de estar totalmente sozinho e não ter aviso ninguém sobre o seu destino.

 

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.