Rosalia_camargo_UTMB2

O Ultra Trail Mont-Blanc é uma das corridas de montanha mais desejada por atletas do mundo inteiro. Ter a oportunidade de correr em uma das paisagens mais bonitas e desafiadoras do mundo, no entanto, não é para qualquer um. Além de ter que alcançar um índice, a participação na prova também depende de um sorteio realizado pela organização do evento. O resultado do sorteio de 2018 saiu recentemente e o Brasil será representado por um time de peso. Depois de ter ficado de fora da edição de 2017, Rosalia Camargo está entre os nomes confirmados para este ano, na categoria 170km. Esta é a segunda vez que a carioca tem a oportunidade de disputar esta prova e, apesar de ter comemorado muito a participação, o foco agora está todo na preparação.

Sobre a prova

Não é à toa que a procura pelo Ultra Trail Mont-Blanc é alta. A prova passa por um cenário espetacular, com trilhas que passam por montanhas e contornam grandes lagos. Quem assim como Rosalia corre os 170km têm a oportunidade de passar por 18 cidades em três países: França, Itália e Suíça.

Os desafios vão além da distância, com as inúmeras subidas e descidas, que somam uma elevação de mais de 10 mil metros. Para a edição de 2018, o UTMB contará com a participação de mais de 7 mil atletas, divididos em 6 categorias, que vão desde 15km até impressionantes 300km.

Na categoria 170km, o UTMB, Rosalia contará com a companhia de outros 11 brasileiros.

Foto: Rosalia Camargo/Arquivo Pessoal

Foto: Rosalia Camargo/Arquivo Pessoal

A expectativa

Ter a pontuação necessária não garante a participação dos atletas da competição. Portanto, além de ser rápido nas trilhas, é preciso contar com a sorte e controlar a ansiedade, o que talvez seja ainda mais complicado do que encarar as subidas de Chamonix.

“Para conseguir participar do sorteio para correr os 170km do UTMB eu precisava ter 15pts acumulados em 3 provas. E em dezembro, assim que abriram as vagas eu me inscrevi. Eu estava super ansiosa, pois no ano passado não havia sido sorteada, e no dia 13 de Janeiro 2018, às 7h da manhã, tive essa surpresa super boa! Fui aceita para correr a prova de Trail Run mais desejada do mundo!”, conta Rosalia.

A preparação

Com o nome na lista, a preocupação agora é exclusivamente com a preparação que, segundo a atelta, começa no próximo mês. Os treinos continuam fortes e a atleta vai disputar duas provas específicas já visando o UTMB. A primeira delas acontece no final de fevereiro, quando Rosalia correrá 80km em Passa Quatro – MG. Logo na sequência ela embarca para um desafio ainda maior: 160km na Patagônia. Depois disso vem a parada mais esperada do ano: Chamonix.

O UTMB acontece em agosto de 2018 e nós vamos ficar na torcida pela Rosalia e por todos os brasileiros que vão nos representar nas montanhas europeias.

 

 

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.