daniela_sandoval

Nessa terça-feira (30) a equatoriana Daniela Sandoval quebrou o recorde de ascensão em velocidade ao monte Aconcágua. A corredora cumpriu a missão de subir e descer a montanha mais alta do mundo fora da Ásia em apenas 20 horas e 17 minutos. Com este tempo, Daniela superou o recorde anterior que pertencia à brasileira Fernanda Maciel, que completou o percurso em 22 horas e 52 minutos em fevereiro de 2016.

Esta não foi a única tentativa da equatoriana. No último sábado a corredora já havia tentado a ascensão, mas, quando estava a apenas 300 metros do cume do Aconcágua, foi obrigada a desistir da subida devido às péssimas condições climáticas. Depois disso ela descansou apenas dois dias e partiu para a segunda tentativa, que resultou no novo recorde feminino.

Com apenas 26 anos de idade, este já o maior feito da carreira de Daniela Sandoval. De acordo com a imprensa local, a atleta se preparou durante um ano para essa missão, com treinamentos intensivos e focados, conciliados com outras provas de corrida de montanha.

Além do bom preparo físico e mental, a corredora também contou com condições climáticas muito favoráveis, que cooperaram para que a subida fosse mais segura e tranquila, e com uma equipe de apoio que inclui dois outros grandes atletas: Karl Egloff e Nicolás Miranda, detentores dos recordes de ascensão em velocidade pela rota normal e pela rota 360º, respectivamente.

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.