Dicas Esportes

Caminho de Santiago, PCT, Appalachian Trail, Trans Canada, Great Patagonia Trail, são apenas algumas trilhas famosas e desejadas por aventureiros do mundo inteiro. Se você está planejando as próximas viagens e uma trilha de longa distância está na sua lista, já comece a se preparar física e mentalmente para este desafio.

Para dar uma ajudinha, nós separamos três dicas essenciais para que as inúmeras horas de caminhada fiquem um pouco mais fácil!

  1. Prepare-se mentalmente

Controlar a cabeça pode ser mais difícil do que suportar o exercício físico extremo. Quando estamos mentalmente fortes, acabamos descobrindo que podemos ir ainda mais longe. Portanto, comece a treinar a mente muito antes de embarcar em uma trilha.

Um dos fatores primordiais nesta preparação mental é estar aberto a novas experiências o tempo todo e manter um pensamento resiliente mesmo diante dos maiores desafios. Em um treino ou mesmo na trilha, lembre-se de focar em um passo ou movimento de cada vez. Mantenha a atitude positiva e o olhar no sempre no seu objetivo final.

Para inspirar, pense nesta frase dita por um dos maiores atletas da história: “Quando eu penso que cheguei ao meu limite, eu descubro que tenho forças pra ir além.” – Ayrton Senna

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação/Smartwool
  1. Trabalhe em sua capacidade cardiovascular

Passar dias ou meses caminhando em uma trilha vai exigir muito do seu corpo. Então, invista tempo e disposição para fazer uma boa preparação física e inclua na planilha de treino os exercícios voltados para melhorar a capacidade cardiovascular.

O ideal é que os treinamentos voltados para uma trilha de longa distância comecem, em média, seis meses antes da viagem. Neste tempo também aproveite para acompanhar o seu desenvolvimento com o apoio de um médico, para garantir que você está realmente apto e saudável para prosseguir com os planos.

Os treinos aeróbicos voltados para o hiking não precisam ser exclusivos de caminhada. Aliás, quanto mais diversos, melhor será para garantir estímulos diferentes ao corpo e deixar a preparação mais completa. Algumas sugestões de exercícios aeróbicos são: ciclismo, natação e corrida.

Além de trabalhar os diferentes estímulos, é preciso garantir periodicidade nos treinos. Estabeleça uma rotina e tente aumentar a intensidade aos poucos para trabalhar o corpo sempre perto do limite. Nas semanas que antecedem a trilha, inclua também uma carga semelhante ao peso da mochila que será carregada durante a viagem, para que você vá se acostumando com os movimentos acompanhados de um peso extra.

Foto: Greg Mionske
Foto: Greg Mionske
  1. Faça musculação ou treinos funcionais focados em força

Não é necessário passar horas na academia, mas lembre-se de fazer treinos de fortalecimento muscular, pelo menos, duas vezes por semana. Em 30 minutos é possível trabalhar o fortalecimento de músculos do corpo todo com exercícios como: abdominal prancha, abdominal lateral, agachamento livre, afundo, flexão de braço. Esses são apenas alguns dos exercícios de força que podem ser feitos em qualquer lugar, sem a necessidade de equipamentos.

Uma boa opção é incluir esses treinos antes ou depois de encarar um dia de trilha ou um treino aeróbico.

Foto: Greg Mionske
Foto: Greg Mionske

Escrito por

Thaís Teisen

Jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.