A nossa vizinha Argentina tem muitos circuitos perfeitos para a prática de esqui e snowboard. Vários deles, inclusive, estão entre os mais famosos de toda a América. Mas, não são apenas os super-parques que ganham a vez no país. Nós separamos 5 opções de complexos menores, pensados para quem quer aproveitar a aventura em família.

  1. Centro de Deportes Invernales Valdelén, Santa Cruz

Este é um dos maiores parques para esportes de inverno de toda a Argentina. No entanto, o seu destaque não está apenas no tamanho. O complexo possui três pistas de esqui para todos os níveis, sendo que uma delas foi a primeira do tipo a ser iluminada artificialmente em toda a América do Sul, o que permite também a prática de esqui noturno. Valdelén também é uma ótima opção para quem quer diversidade nos passeios, lá é possível fazer trekking na neve, safáris fotográficos, passeios de moto, entre outras coisas.

Foto: Jan Zakelj/patagonia.com.ar

Foto: Jan Zakelj/patagonia.com.ar

  1. Vallecitos, Mendoza

Localizado a apenas 80 quilômetros de Mendoza, Vallecitos é um dos destinos preferidos de quem quer aproveitar esqui e escalada na mesma viagem. O centro de esqui de Vallecitos está dentro do Circuito de Alta Montaña e possui 14 pistas, que somam mais de 4 quilômetros. Ele é muito usado como parada para aclimatação para os aventureiros que têm como destino o Aconcagua. Além disso, o complexo é referência em gastronomia.

Foto: El Portal de Mendoza

Foto: El Portal de Mendoza

  1. Aerosilla Glaciar Martial, Tierra del Fuego

Este é o centro de esqui mais austral do mundo. Por isso, quem escolhe essas pistas para esquiar tem a vantagem de descer a montanha com a visão do caminho para a Antártida como pano de fundo. Além disso, ele é bem perto de Ushuaia e um local muito indicado para a prática de esqui alpino.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

  1. Piedras Blancas, Rio Negro

Este é um centro dentro do complexo de Cerro Otto. Além das pistas tradicionais, ele também oferece outras opções de lazer. O maior destaque é a tirolesa de mais de 1.500 metros que passa sobre o bosque, mas os visitantes também podem aproveitar os passeios em ônibus de neve, trenós, subidas em teleféricos e muito mais. As opções são acessíveis até mesmo a crianças e idosos.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

  1. Batea Mahuida, Neuquén

O maior diferencial de Matea Mahuda não está nas pistas de esqui e snowboard e, sim, no fato de ser a única estação da Argentina a ser administrada por uma comunidade de povos nativos. O centro está localizado dentro da Reserva Mapuche Puel, com vista para a Cordilheira dos Andes e para alguns dos lagos mais bonitos do país. Quanto às pistas, o complexo oferece uma principal, com 700 metros e a 1.700 metros de altitude. Outra opção é a pista de 150 metros, indicada para a prática de snowboard.

Foto: Welcome to Argentina

Foto: Welcome to Argentina

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.