Curiosidades Esportes

Trekking e hiking são dois termos muito usados por aventureiros no mundo inteiro. Mas, nem sempre a diferença entre as duas atividades é clara a todos os exploradores. Apesar de terem como base o mesmo princípio, no caso a caminhada na natureza, as duas práticas também tem características próprias bem definidas.

No Brasil o termo mais comum é o trekking. É bastante normal que as pessoas chamem qualquer trilha de trekking. Mas, para que esta prática seja realmente condizente com a programação, é preciso que esta aventura seja de longa duração. Em geral, os trekkings duram mais de um dia e, além da caminhada, é preciso passar a noite em meio à natureza, seja em alojamentos preparados no meio da rota ou em barracas.

O hiking é mais acessível e rápido. Para exemplificar de forma simples, ele pode ser considerado um bate e volta na trilha. O hiking não dura mais de um dia. Por isso, não é necessário carregar apetrechos de acampamento ou grandes mochilas. Este tipo de aventura é ideal para quem quer aproveitar um dia longe da cidade ou até explorar as trilhas em parques nas regiões metropolitanas.

trekking_chamonix
Trekking em Chamonix, França. -Foto: Tim Kemple.

Escrito por

Thaís Teisen

Jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.