O Deserto do Atacama tem atrações e desafios para os mais diversos gostos e estilos. As belas paisagens e águas termais são alguns dos pontos altos deste destino. Sendo assim, nós hoje damos a dica do Trekking de Guatin, uma aventura que já proporciona o melhor desses dois tipos de experiências.

Este passeio pode ser feito tranquilamente em um dia, já que são apenas duas horas de caminhada, em média sete quilômetros. Mas, vale lembrar que, devido à altitude (3.200 metros), o ideal é não fazer essa trilha logo de cara. Primeiro, aclimate-se ao Atacama e depois faça o Trekking de Guatin.

A trilha é considerada de nível fácil, tem poucas subidas e descidas, mas vários trechos com pedras. Portanto, vale estar bem equipado e, principalmente, ter uma boa bota no pé, para proteger a pisada e os tornozelos (a nossa Hedghog Fastpack, combinada com uma meia de trekking é uma boa opção!). Outra dica é ter, pelo menos, um preparo físico mínimo para suportar bem a caminhada carregando uma mochila pequena nas costas.

Uma das vantagens deste passeio é ser um roteiro pouco disputado. Portanto, na maior parte do tempo, as principais companhias serão apenas a tranquilidade do deserto e os cactos gigantes, que são de tirar o fôlego. O maior deles é conhecido como Cactus Abuelo. Ele tem mais de 10 metros de altura e existe há, incríveis, 300 anos.

Ao optar pelo passeio ao Trekking de Guatin é possível também escolher que ele seja finalizado nas Termas de Puritana, uma ótima recompensa pós-trilha. Portanto, não esqueça de acrescentar uma roupa de banho na mochila.

 

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.