Serra Fina - Foto: Wilson Neves de Miranda/Flickr - Creative Commons

A travessia da Serra Fina, em MG, é uma das mais desafiadoras e famosas do Brasil. Este é um destino procurado por aventureiros de todo o país. Matheus Kager Martins é um desses exploradores, além de ser um de nossos colaboradores 😉 . Na última semana ele fez um trekking de quatro dias, cheio de superação e descobertas.

O relato dele você confere abaixo:

“O espírito aventureiro pede novas experiências.” – Alexander Supertrump

“Sempre fui apaixonado pela natureza e principalmente pelas montanhas. Em meu primeiro contato com a implacável força da natureza, descobri que você só sabe o quão forte você é, quando sua única opção é ser forte. Conhecer seus limites e descobrir que você é muito mais forte do que você um dia imaginou te faz sentir uma sensação gloriosa indescritível.

No dia 25 de junho de 2017, iniciei uma das travessias mais difíceis do Brasil, a Serra Fina, destino procurado por muitos aventureiros que buscam superar seus limites.  O percurso da travessia encontra-se na Serra da Mantiqueira, possui uma altimetria de mais de dois mil metros e intempéries climáticas onde a temperatura pode chegar abaixo de zero.

Foto: Matheus Martins

Foto: Matheus Kager Martins

Preparar-me fisicamente e psicologicamente para enfrentar um desafio como esse foi muito importante, mas sem sombra de dúvida, a escolha dos equipamentos da The North Face, fizeram toda a diferença. O sistema de camadas foi imprescindível (baselayer light, fleece TKA 100, jaqueta Thermoball e jaqueta Venture) para suportar as intempéries da Serra Fina, onde os ventos são muito fortes e a temperatura chegou próxima a zero grau. A barraca Triarch 2, por onde começar… Estou apaixonado! Rsrs! Mesmo frente a ventos assustadores da madrugada, ela mal trepidava. Minha bota me proporcionou todo o suporte para caminhar entre seis e sete horas por dia com máximo conforto. E por último, mas não menos importante, minha mochila Fovero 85 possibilitou carregar tranquilamente 21,5kg nas costas durante quatro longos dias de caminhada…  Não poderia ter escolhido melhor meus equipamentos. Sua alta tecnologia e durabilidade incomparável me proporcionaram o máximo suporte que eu poderia ter!

Foto: Matheus Martins

Foto: Matheus Kager Martins

Após quatro dias, consegui completar a travessia, depois de encarar ventos fortíssimos, temperaturas baixas e passar por muitos vales e cumes, incluindo a Pedra da Mina, ponto mais alto da travessia com incríveis 2780 metros de altitude. O desgaste físico e emocional é enorme, mas a sensação de realização pessoal é indescritível.

Foto: Matheus Martins

Foto: Matheus Kager Martins

Serra fina, um paraíso que proporciona vislumbres esplêndidos, os quais somente os mais corajosos aventureiros conseguem contemplar. Rumo ao próximo desafio! #NeverStopExploring”

Foto: Matheus Martins

Foto: Matheus Kager Martins

Você também tem uma aventura que merece ser compartilhada? Escreva pra gente: contato@thenorthface.com.br

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.