Dicas

Na hora de acampar, ninguém quer se deparar com goteiras dentro da barraca, ainda mais se lá fora a noite estiver totalmente estrelada e sem chuva. Muitas vezes, mesmo com o clima agradável, a própria umidade (gerada dentro da barraca através da respiração e condensação) pode se transformar em gotas, que vão virando incômodos maiores e podem prejudicar a sua noite inteira de sono.

Alguns cuidados e técnicas específicas, no entanto, podem evitar que você mesmo seja o causador do seu problema. As dicas são simples e até um pouco óbvias, mas na hora da pressa em montar o acampamento, às vezes acabam passando despercebidas. Por isso, vamos reforçar esses 4 cuidados:

.1 Escolha a barraca certa

As barracas costumam ser dividias em estações, além, é claro, das separações por capacidade de armazenamento. As mais comuns são as 4 e as 3 estações. Uma tenda classificada como 4 estações foi desenvolvida para locais com condições climáticas extremas. A VE25 e a Assault, por exemplo, são barracas 4 estações desenvolvidas dentro da nossa coleção Summit Series. Elas foram testadas por atletas em expedições aos locais mais inóspitos da Terra e são algumas das barracas mais comuns de serem encontradas nos principais cumes do mundo, entre eles o Everest. Por serem desenvolvidas para suportar  temperaturas muito negativas e ventos intensos e fortes, elas obviamente, são mais “quentes” do que uma barraca 3 estações, como a Mica ou a Talus. Nesta categoria, as tendas possuem lonas com diferentes gramaturas e pontos de entrada de ar e ventilação. Por isso, acabam sendo mais frescas e ideais para acampamentos em destinos tropicais, subtropicais e até frios, mas que não estejam expostos às condições extremas e desfavoráveis.

.2 Escolha o local correto

Na hora de montar a barraca, atente-se ao terreno. Escolha um solo seco e, de preferência, sob as árvores. Esse detalhe é muito importante porque a própria folhagem das árvores concentra a umidade, evitando que ela se deposite sobre a sua barraca e sobrecarregue as lonas. Além disso, observe qual é o sentido do vento e tente sempre montar a sua tenda com as principais entradas de ar de frente para a direção de onde o vento está vindo. Isso vai ajudar a fazer o ar entrar com mais facilidade, evitando o acúmulo de umidade no interior da barraca.

.3 Evite a umidade gerada pelos equipamentos dentro da sua barraca

A própria respiração e o calor do corpo “brigando” com o tempo frio fora da barraca já são suficientes para produzir muita umidade, que se acumula dentro da sua tenda. Por isso, evite ao máximo guardar itens molhados no interior da barraca. Tente colocar as roupas para secar no varal interno durante o dia. Isso te ajudará a evitar muitos perrengues durante a noite.

.4 Proporcione o máximo de ventilação

As barracas, independentes das estações, já são desenvolvidas para terem um desenho que proporciona melhor troca de ar e ventilação no ambiente interno. No entanto, apenas isso pode não ser o suficiente. Portanto, deixe ao máximo as janelas e portas abertas durante todo o dia e, se possível, durante a noite também. Principalmente se estiver acampamento em um local com temperaturas mais amenas.

camping
Alguns cuidados simples podem salvar o seu acampamento.

Escrito por

Thaís Teisen

Jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.