Fernanda Maciel. The North Face Spring 2016 Mountain Athletics. New York. Photographer: Greg Mionske. The North Face Rights Expire: 07_30_17.

Uma das coisas mais interessantes da corrida de montanha são os diferentes desafios que ela oferece. Diferente da corrida de rua, em que os atletas precisam se preocupar basicamente apenas com o ritmo e a altimetria da prova, na montanha existem riachos, galhos, valetas e muitos outros obstáculos de todos os tipos, com uma variável enorme de estímulos em uma única prova ou treino.

Para superar todos eles com categoria, é preciso estar muito bem preparado fisicamente e incluir exercícios variados nos treinos. Uma das opções é acrescentar a corrida em escada na planilha de treinos.

Para falar sobre isso, nós pegamos as dicas com o corredor de montanha José Virginio, que também é treinador e corredor de escadas.

O preparo

Antes de começar a correr na escada, é muito importante preparar o corpo para este tipo de esforço físico, assim como em qualquer outra atividade física que exige bastante dos músculos e articulações. Uma sugestão interessante é aquecer com uma corrida leve, de 2 a 4 km e depois, sim, partir para os degraus.

Virginio explica quais são os benefícios deste tipo de treinamento: “As escadas têm como objetivo, além de elevar muito a frequência cardíaca, trabalhar o reflexo que o tornozelo pode ter, em tentar transpor cada degrau o mais rápido possível.”

Não é necessário estar na montanha para fazer este tipo de treino. Qualquer escadaria na cidade ou mesmo as escadas dentro dos próprios edifícios podem ser usadas como a estrutura perfeita para que o corpo se condicione a este movimento e reflita positivamente quando for exigido na montanha.

O que você está esperando para começar a subir mais escadas?

Escrito por Thaís Teisen
Thaís Teisen é jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.