Dicas Produtos e Equipamentos

O baselayer (também conhecido como segunda pele) pode ser o seu melhor companheiro em quase todas as ocasiões. Diferente do que possa se pensar, a segunda pele não é útil apenas para manter o corpo aquecido, ela tem outra funcional ainda mais importante: manter o corpo seco. É justamente por isso que o baselayer é tão essencial.

Como o nome já diz, as roupas segunda pele são usadas como a primeira camada de proteção, vindo em contato direto com a própria pele. Essa proximidade ajuda a isolar o calor e manter a temperatura do corpo. Mas, também permite que a umidade da pele seja absorvida para o tecido, deixando o corpo seco e confortável.

Na hora de escolher um baselayer é sempre importante atentar aos materiais e tecnologias aplicados na peça. Por absorver a umidade, é imprescindível que ele seja equipado com tecnologia de máxima absorção e evaporação do suor, como o FlashDry, ou que seja fabricado com um material natural que permita as mesmas funções, como a Lã de Merino.

Esse cuidado com a escolha de produtos tecnológicos é ainda mais importante se o seu intuito é praticar algum esporte, principalmente de alta intensidade e no frio, já que suor e inverno são uma combinação extremamente perigosa e muito desconfortável.

Como saber qual usar?

Existem baselayers em diferentes gramaturas. A escolha do mais indicado para a sua aventura depende de alguns aspectos, mas os principais deles são: temperatura local, quais camadas de roupas você usará por cima e se você realizará alguma atividade física.

Os baselayers “mais fino” são muito usados em trekkings em locais com bastante oscilação climática. Áreas desérticas, por exemplo, tendem a ser muito frias no início da manhã e no final do dia, mas têm temperaturas mais amenas durante a tarde. Então, para ficar confortável o dia todo o baselayer com gramatura menor pode ser uma boa opção.

Em locais muito frios você provavelmente irá preferir um baselayer “mais grosso”, que obviamente vai lhe proporcionar melhor isolamento térmico para aguentar as baixas temperaturas. Atente-se apenas para que haja um equilíbrio nas camadas seguintes e você não superaqueça o corpo e comece a suar, principalmente se o dia será cheio de atividades de alta intensidade, como a prática de ski e snowboard. (Quer saber mais sobre as camadas? Clique aqui)

Você pode optar por uma segunda pele feita com tecido sintético e equipada com tecnologia FlashDry ou por um modelo feito com fibras naturais de lã de merino. Ambas as opções são muito eficientes tanto em conforto térmico como em maximização da evaporação do suor.


Escrito por

Thaís Teisen

Jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.