Dicas

Ficar “preso” dentro de casa pode ser um verdadeiro desafio, principalmente para os aventureiros, que estão sempre em busca de desafios outdoors e o contato com a natureza para manter a saúde física e mental em dia. No entanto, durante esse período de incertezas e pandemia, em que a maior recomendação da Organização Mundial da Saúde é o distanciamento social para evitar contaminação em massa, as aventuras tiveram que ser pausadas por um tempo e o jeito é mesmo ficar em casa. Mas, existem algumas estratégias para cuidar do corpo e da mente, que podem ajudar a deixar esse período menos tedioso e perigoso.

O governo do Reino Unido criou u programa para ajudar a população a se manter mentalmente saudável durante a quarentena e nós separamos algumas dessas dicas para compartilhar por aqui. (Se você quiser acessar o documento completo, basta clicar aqui )

  • Desenvolva uma rotina agradável

Trabalhar homeoffice ou ficar em casa com muito tempo ocioso pode prejudicar a nossa noção de tempo. Ao invés de deixar que isso se torne algo negativo, aproveite para criar uma rotina que inclua coisas prazerosas e que, talvez, você normalmente não tenha tempo para fazer. Use o tempo que seria gasto no deslocamento, por exemplo, para ler um livro, assistir a algum programa de televisão, ver um filme, fazer artesanato, pintura, brincar com os filhos, jogar algum jogo…enfim, existem muitos hobbies guardados por falta de tempo. Agora pode ser o momento ideal para tirá-los do armário! Além disso, tente manter horários fixos para as refeições e tarefas diárias. Criar uma rotina não precisa ser algo ruim, ter esse controle sobre a organização do seu dia pode fazer com que as horas rendam muito mais (e não estamos falando de trabalho apenas mas, principalmente, sobre os seus prazeres pessoais). Aproveite que você tem mais tempo, até mesmo se o que você precisar no momento seja ficar sem fazer absolutamente nada.

  • Mantenha a sua mente ativa

Nós já falamos aqui que o contato com a natureza colabora para aumentar a criatividade e a saúde mental. Como isso é algo inviável no momento, é preciso encontrar outras estratégias para se manter ativo e criativo, afinal, isso será essencial para manter a sua sanidade mental. As mesmas atividades que podem ser seus hobbies, de repente servem também para manter o seu cérebro sempre em exercício e pensando em coisas criativas. Se a televisão e a internet, com tantas notícias negativas, já consumiram boa parte da sua energia. Aproveite para desligar do mundo com algum quebra-cabeça, um bom livro, música, pintura, jogos ou arte. Poder dar um “reset” na mente vai te ajudar a ter mais clareza nos pensamentos e, consequentemente, te permitirá ter mais espaço para desenvolver a criatividade.

  • Aproveite para colocar o sono em dia

Com a rotina corrida do dia-a-dia normal, pode ser que dormir oito horas por noite seja quase um luxo. Durante a quarentena o ritmo da vida mudou. Se você conseguir organizar bem o seu dia, dê prioridade a ter uma boa noite de sono. Descansar bem à noite é essencial para que a mente e o corpo se mantenham saudáveis. Como isso nem sempre é possível, aproveite este novo ritmo da vida, para colocar o seu sono em dia.

  • Cuide do seu bem-estar físico

Mesmo sem poder ir para a rua é possível se manter em movimento dentro de casa. Se você está acostumado a ter um bom ritmo de treinos, não é hora de desanimar. E, se você nunca treinou, este pode ser o momento certo para começar. É claro que existem muitas limitações, principalmente, no que diz respeito a espaço. Mas, alguns exercícios são facilmente adaptados para serem realizados dentro de casa. Boas opções são alongamentos, yoga, exercícios funcionais… escolha uma modalidade ou um estilo que te agrade e comece. Manter o corpo ativo ajuda a liberar hormônios que deixam o seu cérebro mais saudável, combatem o estresse e lhe proporcionam uma sensação de felicidade que poucas outras atividades podem geram. A meditação também é uma prática que cabe perfeitamente aqui. Além disso, não abra mão de uma boa alimentação. É normal ter vontade de comer algumas besteiras, mas tente se manter em equilíbrio. Os alimentos também têm muito poder sobre o nosso corpo e se refletem diretamente em nossas emoções e saúde.

  • Deixe a natureza entrar

Se você não pode ir até a natureza, deixe que ela venha até você. Aproveite a boa luz do sol, deixe as janelas abertas para a brisa entrar (com a redução nos níveis de poluição nas cidades, esse é um ótimo momento para fazer isso, inclusive), cuide das suas plantinhas, enfim, faça o que for possível para não perder o contato com a natureza, essa energia é realmente vital para os seres humanos. E, quando ficar desanimado, pegue as fotos e vídeos das suas últimas aventuras e relembre todas elas, sempre tendo em mente o fato de que a tempestade vai passar e logo um arco-íris voltará a se formar.

Foto: Frabizio Verrecchia/Unsplash – Creative Commons

Escrito por

Thaís Teisen

Jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.