Dicas

Existem itens indispensáveis para quem quer fazer uma viagem de neve sem perrengue. Praticar esportes de inverno é uma experiência incrível, mas sem as roupas e equipamentos corretos, ao invés de viver momentos prazerosos, você pode viver uma série de frustrações e nunca mais querer repetir a experiência.

Par que isso não aconteça e você aproveite ao máximo todas as aventuras que a neve pode oferecer, basta estar bem equipado e preparado. Assim, o frio será só mais um detalhe.

Confira abaixo a lista do que não pode faltar na sua mala de viagem:

Como o nome já diz, essa é a primeira camada de aquecimento e vem diretamente em contato com a pele. Mas, ela tem uma função ainda mais importante do que esquentar o corpo. Por ter tecnologia que absorve o suor e maximiza a evaporação da umidade, a principal missão do baselayer é te manter sempre seco, mesmo diante do esforço físico intenso. Praticar esportes de alta intensidade, mesmo nos dias mais frios, vai elevar a temperatura do seu corpo e para regular isso você começará a suar e se tem uma coisa que não combina com frio é o suor. A umidade é o principal vilão na neve. Ter o corpo sempre seco é essencial para a sua segurança e para evitar que você tenha sintomas de hipotermia. Por isso, nunca use camisetas de algodão durante a prática desses esportes. O algodão é um material que mantém a umidade por muito mais tempo e pode lhe fazer, literalmente, congelar na montanha.

Esses são os dois acessórios mais óbvios quando o assunto é inverno. Na hora de praticar esportes na neve eles também são mais do que essenciais. Mesmo que você use capacete na hora de praticar ski, snowboard ou outro esporte de inverno, é sempre importante usar um gorro por baixo. É através das extremidades do corpo (cabeça, mãos e pés) que nós perdemos a maior quantidade de calor. Com isso em mente, usar o gorro e luvas é uma premissa básica. Vale lembrar, que é muito importante ter uma luva apropriada para a prática esportiva. Você pode usar um modelo fino combinado com um miton (luva sem separação dos dedos) ou outro modelo impermeável e com reforço na palma das mãos. Isso vai lhe proteger do frio, da umidade da neve e das possíveis quedas durante as descidas.

Nós já falamos sobre a importância de manter as extremidades sempre aquecidas. As meias vão manter os pés quentinhos, mas também têm a função de proteger pés e pernas de áreas de atrito entre o corpo e as botas. Assim, é sempre importante usar uma meia específica para a prática de ski ou snowboard. Elas têm pontos específicos com proteção extra para que você fique confortável dentro dos calçados esportivos durante o dia todo. Assim como no caso do baselayer, é muito importante nunca usar meias de algodão para que os pés não acumulem umidade e estejam sujeitos ao congelamento. Uma opção interessante são as meias feitas em lã merino (clique aqui para saber mais). Esse material possui a habilidade natural de maximizar a evaporação do suor, mais até do que as fibras sintéticas, e ser antibactericida, para evitar os mau odores causados pelo suor.

O fleece é uma das mais peças mais versáteis e úteis em qualquer ocasião. Na neve não seria diferente. Por ser leve e também ter tecnologia que maximiza a evaporação da umidade, o fleece é perfeito para ser utilizado como a camada intermediária de aquecimento. Ele é leve, confortável e tão prático que você vai utilizá-lo nas pistas e também nos passeios na estação.

Os esportes de neve podem ser bem radicais, então, além de se proteger do clima, você precisa usar as roupas certas para ficar sempre seguro, principalmente em casos de quedas. As calças específicas para ski e snowboard são feitas com materiais muito resistentes para suportarem as quedas sem rasgar. Além disso, a maior parte delas têm camada externa impermeável ou, pelo menos, resistente à água, para que a umidade da neve não permaneça com você atrapalhando a aventura. Existem modelos de calças para esportes de neve que já possuem isolamento térmico e outras que funcionam como a última camada de proteção e devem ser combinadas com outra calça para garantir o aquecimento ideal. O modelo certo depende do gosto de cada pessoa.

Assim como acontece com a calça, ninguém é obrigado a usar uma jaqueta pensada especificamente para os esportes de neve. Mas, esses modelos têm diferenciais que vão facilitar muito a vida na montanha e ainda vão te deixar mais protegido. Jaquetas de ski ou snowboard têm bolsos pensados para tudo. O bolso interno foi feito para manter o celular próximo ao corpo e evitar que a bateria congele e descarregue, bolso nas mangas deixam o cartão do passe da montanha sempre no fácil acesso, existe um bolso com lenço para limpar os óculos, a barrigueira, para evitar que a neve entre e molhe as suas roupas, e capuz compatível com os capacetes. Além disso, da mesma forma que as calças, essas jaquetas são feitas com camada externa impermeável ou resistente à água, para que a umidade da neve não comprometa o seu desempenho.

Existem pescoceiras tradicionais feitas com o mesmo tecido dos fleeces e também existem as opções multifunções, que podem ser usadas das mais diferentes formas. Elas são feitas com tecido sintético, para aquecerem e maximizarem a evaporação do suor e vão manter a região da boca e pescoço sempre protegidos.

  • Óculos/Goggle

Você sabia que a claridade da neve pode ser mais perigosa para os olhos do que o próprio sol? Esse é só um dos fatores que colocar os Goggles nessa lista. Mas, a verdade é que é impossível praticar esportes de neve sem esses óculos que cobrem toda a região dos olhos. Eles te protegem do forte vento das descidas, dos flocos de neve e também do reflexo da luz diretamente nos seus olhos. Vale lembrar que existem lentes específicas para dias de sol e dias nublados, para que a sua visibilidade não seja comprometida durante o esporte.


Escrito por

Thaís Teisen

Jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.