Produtos e Equipamentos

Morando em um país tropical, é muito comum que brasileiros tenham dificuldade na hora de arrumar as malas para as viagens a destinos com neve. Nem sempre encher a bagagem com roupas pesadas é a escolha mais prática ou inteligente, mesmo que esta seja a primeira opção de muitas pessoas. Para dar uma ajudinha na hora de arrumar as malas, nós separamos algumas dicas.

  1. Você vai praticar algum esporte?

Muita coisa será diferente na bagagem de alguém que vai apenas passear em um destino de inverno e de quem vai aproveitar o frio para praticar os esportes de neve. Além dos próprios equipamentos, se você vai praticar esportes é preciso atentar ainda mais à composição, peso e utilidade das peças que vão para a mala. As camisetas de algodão, por exemplo, são totalmente contraindicadas para quem vai praticar esportes, pois durante as atividades físicas o corpo aquece, o suor começa a aparecer e as roupas de algodão absorvem a umidade e levam muito tempo até que ela evapore. Portanto, se ski, snowboard ou outro esporte está na sua lista, lembre-se de colocar na mala peças com tecnologia FlashDry ou fabricadas em Lã Merino. Essa dica é direcionada principalmente às peças que compõem a primeira camada de aquecimento, ou seja, baselayers, meias e camisetas.

  1. Peso nem sempre significa esquentar mais

Não é porque uma jaqueta é pesada que ela necessariamente será a mais eficiente em termos de aquecimento. Nós acreditamos justamente no contrário e estamos constantemente desenvolvendo tecnologias que proporcionem o melhor isolamento térmico com o menor peso possível. Para se ter ideias, muitas das nossas jaquetas fabricadas com isolamento térmico em pluma de ganso ou com as opções sintéticas Thermoball, Ventrix e HeatSeeker são extremamente leves e ocupam pouco espaço na bagagem. Alguns modelos, inclusive, são tão compressíveis que podem ser guardados no próprio bolso.

  1. Lembre-se das camadas

Como nós já falamos aqui, não é necessário colocar um casacão pesado para ficar bem protegido no frio. O segredo está na combinação das camadas de roupa. Na parte de cima, por exemplo, comece com um baselayer, seguido por um fleece, uma jaqueta de aquecimento e, se necessário, complete a sequência com uma jaqueta impermeável (principalmente se você praticará esportes de neve, trilhas ou permanecerá muito tempo exposto ao vento, neve ou chuva). A lógica é bastante semelhante na hora de aquecer a parte inferior do corpo. Também comece pelo baselayer, que vai proporcionar aquecimento e deixará a pele sempre seca, se necessário complete com uma calça de aquecimento, seguida por uma calça impermeável, ou por um modelo que já oferece as duas funções.

  1. Não se esqueça dos acessórios para as extremidades

Atentar às extremidades é muito importante justamente pelo fato de que nariz, mãos e pés têm duas “desvantagens”: além de estarem mais vulneráveis ao vento e frio, essas são as partes do corpo que estão mais distantes do coração e do cérebro, então são as áreas em que o sangue naturalmente já leva mais tempo e tem mais dificuldade para chegar, quando os capilares estão apertados ou obstruídos, fica ainda mais difícil alcançar as extremidades.

Para evitar problemas como o congelamento dessas áreas, é preciso manter pés, mãos e nariz sempre bem protegidos e aquecidos. Luvas, gorros, pescoceiras, meias e calçados apropriados são itens de necessidade básica se você pretende encarar temperaturas negativas e não ter problemas com hipotermia ou congelamento de extremidades.

  1. Para não escorregar

O calçado é algo determinante para a sua segurança e conforto, seja para passear ou para fazer uma trilha na neve. Os modelos específicos para o inverno proporcionam aquecimento e muitos deles também são equipados com uma tecnologia especial no solado, IcePick e TNF WinterGrip, que proporcionam maior tração nas passadas sobre o gelo ou neve.


Escrito por

Thaís Teisen

Jornalista, formada pela FIAM-FAAM, com especialização em Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. É apaixonada por esportes, natureza, música e faz parte do time The North Face de Conteúdo Digital.